Walking By Monserrate

Walking By Monserrate

Quem me conhece sabe que sou apaixonada por História de Arte. Há muitas pessoas que não ligam muito, mas há tanta riqueza no passado. Não só em Portugal, mas a nível europeu, podemos dizer que somos uns sortudos!

Um dos locais que mais adoro visitar é Sintra. Cheia de romantismo e revivalismos, é um sítio tão pacífico e lindo para passear. O palácio e o parque de Monserrate nunca têm tanta afluência quanto, por exemplo, a Quinta da Regaleira, mas têm tanto ou mais encanto.

Embora este tenha passado por diversas alterações ao longo do tempo e tendo obtido o seu maior esplendor nas mãos dos ingleses, não penso que isso seja algo depreciativo. O palácio regista uma influência gótica e está repleto de elementos mouriscos assinalando também uma influência árabe, uma vez que a arquitectura Romântica do século XIX esteve fortemente marcada pelos revivalismos e eclectismos – como tão bem o demonstra o Palácio da Pena.

O jardim, tipicamente inglês, revela o gosto pelo exótico, sendo um culminar de diferentes espécies botânicas, tornando-o um ponto cultural interessantíssimo.

É um sítio magnífico para visitar. E como não vos quero maçar com a história, deixo-vos algumas das fotografias que tirei – tive que seleccionar as minhas favoritas das favoritas!


Those who know me know that I love Art History. There are many people who do not care much, but there is so much wealth in the past. Not only in Portugal, but at an European level, we can say we are lucky!

One of the places I love to visit is Sintra. Full of romanticism and revivalism, it is such a peaceful and beautiful place to relax. The palace and the park of Monserrate never have as much affluence as, for example, the Quinta da Regaleira, but it has the same or even more charm.

Although this has undergone several changes over time and has attained its greatest splendor in the hands of the English, I do not think this is anything derogatory. The palace has a gothic influence and is full of Moorish elements, also showing an Arab influence, since the romantic architecture of the 19th century was strongly influenced by revivalisms and eclectisms – as shown by the Pena Palace.

The garden, typically English, also reveals the taste for the exotic, being a culmination of different botanical species, making it a very interesting cultural point.

It is a magnificent place to visit. And since I do not want to bother you with history, I’ll leave you some of the photos I took – I had to select my favourite from the favourites!

Kiss kiss, Sofi ♡

 

2 Comments

    • Sofia Reply

      Olá Carla, obrigada 🙂 vale mesmo muito a pena, tens mesmo que lá ir. Eu paguei 6€ de entrada e ainda estive para aí umas 3 horas para conseguir ver tudo (e tirar fotos, claro). É mesmo lindo.
      Beijinho grande ♡

Leave A Reply

Navigate