Beauty Fails

A fase da adolescência é sempre complicada. Não nos basta o aparecimento do acne como temos uma sede exuberada de experimentar tudo aquilo que não sabemos.
E o pior? Continuamos a fazê-lo porque julgamos estar super fáchon!
Não sei se todas vós passaram por esta fase, mas eu devo ter passado por todas! Até tenho medo de ver fotografias antigas.
Felizmente corrigi maus hábitos (e provavelmente ganhei outros), por isso decidi partilhar convosco as minhas #beautyfails.

#beautyfails #1

A minha grande falha, durante um longo período de tempo, foi ter descoberto sombras brilhantes. Ai brilha? Então bora lá aplicar na pálpebra móvel, no côncavo e no arco da sobrancelha. Quanto mais melhor! (ou não)

#beautyfails #2

A minha mãe contornava os lábios com um lápis castanho médio e depois usava um batom um pouco mais claro que o tom, usava-se, okay? Eu inspirava-me nela e como sempre tive uma veia artística dispensava o batom e achava que o risco sozinho ficava a matar!

#beautyfails #3

Pincéis de olhos? Todos iguais. Aqueles pequeninos típicos, sabem? Tinha-os às carradas.

#beautyfails #4

Blush que é blush é para se notar, correcto? Então bora lá roubar o lugar aos palhaços!

#beautyfails #5

Penteados. Sempre adorei penteados. Acontece que em determinada altura da minha vida alguém me devia ter dito “Sofia, deixa-te de invenções”, mas não. Aqui a artista era desde rabos de cavalo dentro de rabos de cavalos, a rabos de cavalo em cada canto da cabeça ou até mesmo quase ao pé da testa! Tranças? Eram famosas three strand braid enquanto houvesse cabelo, estão a imaginar o look? É melhor não.

#beautyfails #6

Aventurei-me nos tererés. Sim, medo. Nas colónias de férias o pessoal fazia todo e eu, esperta, resolvi fazer também sem saber como se fazia. Afinal de contas, é só enrolar linhas no cabelo, certo? E qual o melhor sítio para o nosso primeiro tereré senão no meio da testa? Por favor, falemos de moda, okay?

O resultado estava meio manhoso, mas até se compôs. Claro está que inexperiente e no meio da testa o tereré era mais um teré-corno que outra coisa. De modo, que os meus pais tiveram o bom senso de insitir para que retirasse a dita cuja porque já tinha ultrapassado os limites do rídiculo, pelo que decidi cortar.

É preciso acrescentar algo? Cortei essa madeixa de cabelo e quando o cabelo começou a crescer, crescia para cima. Bonito!

#beautyfails #7

Gel. Sempre tive um cabelo ondulado, com caracóis até quando era mais nova. Quando descobri o gel pensei que seria o fim do meu cabelo frisado. Só que não foi bem. De facto, não havia espaço para frisar, uma vez que estava colado à cabeça! Para além de exagerar na quantidade e parecer que tinha sido lambida por uma vaca, havia ainda todo um conjunto de penteados para complementar o visual.

#beautyfails #8

Cores e mais cores. E que nunca acabassem as cores, amém! Sempre gostei delas e por isso vestia-me que nem um arco-íris, desde os óculos, aos elásticos do cabelo e à roupa.

 

Vá podem gozar-me um bocadinho 😛 E vocês têm pérolazinhas desta natureza?

Contei-me as vossas #beautyfails! 🙂

Kiss kiss

Sofi ♡

Leave A Reply

Navigate